Para os nascidos em junho, julho e agosto está chegando a hora de sacar o dinheiro das contas inativas do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). Quem pediu demissão ou teve seu contrato de trabalho finalizado por justa causa até 31 de dezembro de 2015, a partir do dia 12 de maio pode se dirigir a uma agência da Caixa e fazer o saque. Para quem for investir o dinheiro, especialistas avisam: é uma boa hora para investir no mercado imobiliário. “Por conta da crise, os imóveis estão com os preços depreciados”, diz José Mário Severino, especialista em finanças.

Ele avisa também que é melhor não esperar muito, porque a economia começa a dar sinais de recuperação e a tendência é que estes preços voltem a subir nos próximos anos.

Mas o especialista avisa que alguns cuidados são necessários. “A parte documental deve ser criteriosamente avaliada. Qualquer tipo de dúvida, desde a mais básica até a mais complexa, deve ser esclarecida com um especialista do ramo imobiliário”, diz.

Segundo ele, no caso de imóvel pronto para morar, é importante verificar a qualidade da construção e se não apresenta nenhum defeito estrutural e de acabamento, para evitar que mais tarde este investimento não se torne um problema caro. E claro, ter a certeza de que está fazendo uma aquisição que atenda suas necessidades e da sua família.

Por outro lado, Mário orienta também muita cautela em um investimento desse porte para  evitar possíveis complicações financeiras. “Caso a pessoa tenha dívidas pendentes, o ideal é liquidá-las antes de assumir o compromisso da compra de um imóvel”.

“Qualquer aquisição que se pretenda fazer deve ser compatível com a renda, ao ponto de não impor sacrifícios ao comprador, nem à sua família”, prossegue o especialista. Mas se o valor das parcelas cabe no seu orçamento e a aquisição é uma necessidade, a dica dele é: siga em frente.

Fonte: Metro Jornal São Paulo, de 02/05/2017.
Autor: REDAÇÃO METRO JORNAL/ SP.